Home Ásia Turismo no Iraque (Curdistão) e as melhores dicas de viagem

Turismo no Iraque (Curdistão) e as melhores dicas de viagem

por Andressa Silva
Turismo no Iraque e Curdistão

Fazer turismo no Iraque e Curdistão pode parecer um pouco complicado, já que estamos falando de uma região que não é tão popular. Ainda mais quando não há muitas informações disponíveis na internet com dicas do que fazer e não fazer no país.

Portanto, depois de viajar para o Curdistão Iraquiano, preparamos este artigo com algumas dicas que achamos importantes. Sua viagem ao Iraque e Curdistão vai ser mais tranquila com as informações que deixamos a seguir.

Sabia que o Seguro Viagem é super importante na viagem para a Ásia?

O continente asiático é o responsável pelo maior número de viajantes com intoxicação alimentar e insolação. A gastronomia é muito diferente da nossa, feita com temperos fortes, a higiene não é tão levada a sério e o calor é excessivo. O nosso parceiro Seguros Promo é um comparador de seguro viagem que garante os melhores preços. Faça uma cotação e conheça excelentes seguros para a sua viagem!

FAZER COTAÇÃO

10 dicas de turismo no Iraque e Curdistão

Quando decidimos fazer uma viagem para a região do Curdistão no Iraque, muitas dúvidas vieram à cabeça, afinal, estamos falando de um país bem exótico para nós, brasileiros. Foi então que depois de muita pesquisa e de viajar para lá, percebemos que é muito mais tranquilo fazer turismo no Iraque e Curdistão, do que imaginávamos.

Siga todas as nossas dicas e veja que a região apesar de algumas peculiaridades, é boa de viajar. Além disso, recomendamos ler o nosso artigo com tudo sobre o Curdistão Iraquiano para você saber ainda mais detalhes sobre a viagem a esta região do mundo.

1 – Dinheiro do Iraque

Trocando dinheiro no mercado no Curdistão Iraquiano
Trocando dinheiro no mercado do Curdistão Iraquiano

A primeira dica é uma das mais importantes sobre o turismo no Iraque e Curdistão porque você vai precisar levar em papel moeda. Isso acontece porque quase nenhum lugar aceita cartão de crédito ou débito por lá. 

Não adianta pensar em cartão nacional, internacional, gold, ouro ou qualquer coisa do tipo porque não importa. Eles não têm contas no banco, logo não aceitam cartões nem pagamentos online, tudo tem que ser em dinheiro vivo mesmo, até na hora de comprar uma casa ou um carro.

Pode ser que em grandes hotéis de rede você consiga sacar ou pagar alguma coisa com cartão, mas recomendamos viajar com dinheiro de sobra. Dessa forma, veja quanto custa viajar pelo Iraque e Curdistão, se programe, troque por dólares americanos e ao chegar no país troque pela moeda local.

Há muitas opções de casas de câmbio espalhadas por todos os cantos e há pessoas trocando dinheiro em mercados de rua, por exemplo. O lado positivo disso tudo é que a moeda de lá não flutua muito e sempre está em torno de 1450 IQD para 1 USD.

2 – Caixa eletrônico em Erbil no Curdistão

Dinheiro do Iraque
Dinheiro do Iraque

Como você já sabe, o melhor é levar o dinheiro para gastar na viagem em dólares americanos, para trocar lá. Em caso de emergências, você vai conseguir sacar dinheiro em alguns locais, por isso vamos deixar a seguir, uma lista de caixas eletrônicos na cidade de Erbil, no Curdistão.

  • BBAC bank (caixa eletrônico dentro e fora da agência) – 60 Meter Street
  • Family Mall Erbil – 100 Meter Street
  • Dashty Restaurants – Aeroporto de Erbil
  • Fiory Hotel – Ankawa
  • Tablo Mall – Azadi
  • Lebanese Village – Baharka Road
  • Holland Supermarket – English Village
  • Rotana Hotel – Gulan Street
  • Arjan By Rotana Hotel – 100 Meter Street
  • Sipan Hotel 1 – NazNaz Street
  • View Market – Park View Compound
  • Ankawa Mall – Tem uns 3 caixas

Também lembramos que há taxas e é raro achar caixas eletrônicos, os que existem só vão ser achados em cidades grandes como Erbil, Suleymaniye e Duhok. Portanto, se sua intenção for viajar para outras cidades pequenas do país, tenha dinheiro em espécie e preferencialmente trocado para Dinar Iraquiano (IQD).

3 – Mulheres no Iraque e Curdistão

Mulheres no mercado do Curdistão no Iraque
Mulheres no mercado do Curdistão no Iraque

Fazer turismo no Iraque e Curdistão significa entrar numa cultura que é totalmente diferente da nossa. Portanto, é muito importante você saber que a cultura do país está totalmente ligada à religião que é em sua grande maioria islâmica.

Em outras palavras, as mulheres no Iraque serão as que mais vão chamar a atenção e por isso devem ter muito cuidado com as roupas que vestem. Isso não quer dizer que você vai precisar se cobrir da cabeça aos pés e usar o hijab ou burca.

No entanto, as mulheres devem vestir-se de forma adequada, com roupas mais largas e compridas. Mesmo que viaje no verão, a melhor escolha é usar roupas leves e folgadas para não chamar muita atenção.

Ainda vale comentar que quando estivemos no Curdistão iraquiano, os homens foram respeitosos de forma geral. Ninguém ficou olhando como se nós fossemos de outro mundo, mas se você vestir roupas curtas, muito coladas e decotadas, com certeza vai ser julgada e todos olharão.

4 – Hospedagem barata no Curdistão Iraquiano

Hospedagem de forma geral é caro nesta parte do mundo, pois não há muitas opções de hotéis pela falta do turismo no Iraque e Curdistão. Em Erbil, você vai encontrar uma boa lista de hotéis, mas no restante das cidades não há muitas opções. 

Além disso, todos os hotéis têm 4 ou 5 estrelas, ficando mais complicado para quem quer viajar de forma econômica. O preço do quarto duplo em hotéis no Iraque tem diárias a partir de 50 USD, mas pelo menos são de boa qualidade, tem conforto e ótimas comodidades.

No entanto, o povo curdo é muito receptivo e adoram receber estrangeiros em suas casas. Nós tivemos diversas provas de que isso é verdade quando estivemos pela região. Fomos recebidos nas casas de pessoas locais, ganhamos chás e ingresso de museu, por exemplo.

Você pode ter essa mesma experiência e ainda ficar hospedado sem pagar nada, na casa de pessoas locais. Para isso você terá que usar a plataforma Couchsurfing e procurar casas e pessoas por lá, como nós fizemos. 

Outra forma é tentar achar hospedagem direto lá, pois as pousadas e hotéis mais simples não usam os sites de reserva. 

5 – Transporte no Curdistão Iraquiano

Táxi compartilhado rodoviária Erbil
Táxi compartilhado na rodoviária de Erbil

Para viajar por essa região do mundo, você deve ter em mente que usará muito táxi ou carro, se alugar um. Isso porque praticamente não existem outros meios de transporte para fazer turismo no Iraque e Curdistão.

Em Erbil, nós vimos micro-ônibus, mas nem os nossos colegas que nasceram e vivem lá utilizam. Esses transportes públicos não indicam a rota e para onde vão, bem como não tem horário certo de partidas e chegadas, sem falar que são bem precários.

A melhor forma para se locomover dentro e entre as cidades é de táxi. Você poderá pegar o táxi na rua e dependendo da cidade, vai pagar uma taxa fixa, que deve ser negociada antes da corrida. Para ir de uma cidade para a outra, o táxi tem o valor fixo, mas você pode compartilhar com pessoas desconhecidas. É muito comum e nós mesmo passamos uma hora esperando alguém aparecer para pegar o táxi no mesmo destino que a gente.

Outra forma muito boa é alugar um carro para entrar no país e viajar por lá, ou verificar se na sua data de viagem, você consegue retirar o carro em Erbil, por exemplo. Com um carro você vai ter mais conforto e liberdade para fazer bate-volta, para se locomover entre as cidades e dentro de Erbil, que é grande.

Clique aqui para fazer a cotação e reservar o seu carro. Alugando com a RentCars você pode retirar em qualquer lugar do mundo sem preocupações.

6 – Aplicativo de táxi no Iraque

Táxi compartilhado no Curdistão Iraquiano
Táxi no Curdistão Iraquiano

Falando em se locomover com táxi, em Erbil, nós tivemos a experiência de chamar o táxi usando aplicativo. O único aplicativo que funciona lá é o Careem que está disponível em inglês, o que facilitou bastante a nossa vida.

A única coisa que achamos meio complicada, é que as placas dos carros estão no alfabeto local e às vezes fica difícil saber qual é o seu táxi. Porém foi bem mais fácil usar o aplicativo para se locomover, porque a gente não tinha que explicar para onde queríamos ir.

Outra coisa estranha, é que como não existem endereços no Iraque, na hora de selecionar onde o táxi deveria nos pegar, tínhamos que usar o mapa e marcar o local exato nele. Para isso nós olhávamos no Google Maps nossa localização e íamos no app do Careem para selecionar o ponto exato.

7 – Bebidas alcoólicas

Falar sobre bebidas alcoólicas pode soar até estranho quando falamos de um país que tem a religião islâmica predominante. Porém, na maioria das cidades nós achamos cervejas e destilados facilmente em lojas e bares. 

Você não vai achar bebidas alcoólicas em supermercados e restaurantes familiares, mas vai ver que tem lojas especializadas em cervejas e destilados. Em Erbil, por exemplo, tinham várias lojas no Bairro de Ankawa e é lá que está a maioria dos bares e da vida noturna da cidade, mas na cidade de Akre não vimos nenhuma loja do tipo, nem mesmo bares.

Ainda vale comentar que nessas lojas a bebida é bem mais barata do que nos bares, que chegam a cobrar 5 vezes o valor das lojas. Além disso, para ir a um bar ou balada, os homens devem estar acompanhados de mulheres, nem que seja um grupo de homens com uma mulher só.

8 – Presentes e lembrancinhas

Ao viajar para fazer turismo no Iraque e Curdistão, provavelmente você vai querer comprar uma lembrancinha para levar para casa. Por isso, queremos deixar a dica de comprar no mercado central de Erbil, na capital do Curdistão Iraquiano, onde você vai encontrar de tudo.

Indicamos comprar produtos locais como lenços, sabonetes e tapetes tradicionais, por exemplo. Para quem tem coleção de antiguidades vai achar muita coisa diferente, incluindo moedas antigas e até mesmo notas de dinheiro do ditador Saddam Hussein, antigo governante do país. 

9 – Quando fazer turismo no Iraque e Curdistão

Turismo no Iraque e Curdistão
Casa de chá tradicional em Erbil

A região que o Iraque está tem temperaturas extremas, ou seja, o verão é muito quente e o inverno é muito frio. Quando nós visitamos o curdistão iraquianos, fomos no inverno porque não tínhamos outra data disponível, mas acabamos pegando uns dias de nevasca que fecharam as estradas.

Se você não quiser ir em períodos de frio ou calor extremo, recomendamos os meses de meia estação como março, abril e maio na primavera ou outubro e novembro no outono. A primavera é a melhor época de todas, pois a natureza está bem verde e acontecem diversos festivais pelo país. 

10 – Seguro viagem para o Iraque e Curdistão

Por último, mas não menos importante, a dica é para você fazer o seguro viagem para o Iraque. Para qualquer viagem, nós sempre recomendamos porque a segurança e sua saúde estão em primeiro lugar, mas ao fazer uma viagem a um país na ásia, mais ainda. 

A comida é diferente, o clima é diferente e estar fora do Brasil significa estar mais exposto. Portanto, recomendamos que faça um seguro saúde internacional, afinal, nunca sabemos o que pode acontecer. 

Para fazer turismo no Iraque e Curdistão, as seguradoras recomendadas neste momento são Affinity (com quarentena) ou Assist Card (com quarentena).

Clique abaixo e faça uma cotação com a Seguros Promo para conhecer os preços das melhores seguradoras do país e a que melhor encaixa com sua viagem. 

FAZER COTAÇÃO

E aí, vai viajar para o Iraque? Conta pra gente sua programação e se as nossas dicas te ajudaram.

Leia também

Inscreva-se
Notifique-me
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

6 Comentários
Mais novos
Mais velhos Mais votados
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários
Vera
Vera
3 meses atrás

Quero saber se o dinar iraquiano vale mais que o nosso real

Irene crispim da Silva
Irene crispim da Silva
12 dias atrás
Responder para  Andressa Silva

Boa noite.Então isso significa que nosso dinheiro vale mais?

Anderson Avila
Anderson Avila
4 meses atrás

E o visto para entrar no Iraque?

Nós utilizamos Cookies para melhorar sua navegação pelo blog. Ok, tudo bem O que é Cookie?

6
0
Vamos conversar? Deixe seu comentário!x