Home Ásia Visto para o Iraque e Curdistão: Como fazer e dicas

Visto para o Iraque e Curdistão: Como fazer e dicas

por Andressa Silva
Visto para o Iraque e Curdistão

Fazer o visto para o Iraque e o Curdistão Iraquiano é uma das principais dúvidas de quem está planejando viajar para o país. Isso porque nós brasileiros, tínhamos a opção de entrada livre e o processo era bem simples, mas muita coisa mudou. 

Depois de viajar para a região do Curdistão e passar alguns dias no país, passamos por essa questão do visto e vamos explicar em detalhes como fazer o visto do Iraque. Além disso, deixamos informações e dicas para quem vai viajar para as cidades do Iraque que vão além da região dos Curdos.

Sabia que o Seguro Viagem é super importante na viagem para a Ásia?

O continente asiático é o responsável pelo maior número de viajantes com intoxicação alimentar e insolação. A gastronomia é muito diferente da nossa, feita com temperos fortes, a higiene não é tão levada a sério e o calor é excessivo. O nosso parceiro Seguros Promo é um comparador de seguro viagem que garante os melhores preços. Faça uma cotação e conheça excelentes seguros para a sua viagem!

FAZER COTAÇÃO

Neste artigo abordamos diversos temas relacionados a viagem e visto do Iraque e Curdistão, por isso deixamos abaixo a lista para você ser encaminhado a um assunto específico se desejar. 

Entenda o Iraque e Curdistão

Homens na Praça central de Erbil
Praça central de Erbil

Antes de começar a falar sobre o visto do Iraque e Curdistão, é importante que você saiba que no mesmo país existem duas regiões. Uma é a região dos curdos que fica na parte norte do país e a outra é o Iraque em si, que fica na região sul e extremo norte. 

O Curdistão Iraquiano que é uma região semi-autônoma, mais organizada e próspera, recebe turistas de todo o mundo, principalmente em Erbil, a capital. Essa parte do Iraque tem governo, bandeira e até uma língua própria, mas como ainda não é independente, não podemos nos referir a região como um país.

Por outro lado, a parte sul do país, do qual nos referimos apenas como Iraque, é uma região que sofreu muito com as guerras e tem Bagdá como capital. Esta parte do país não é tão turística, mas está de braços abertos para receber pessoas do mundo todo, tanto que liberou visto de turismo a pouco tempo.

Para saber mais, recomendamos que leia o nosso artigo sobre o Curdistão Iraquiano pois está cheio de informações e detalhes sobre a região. Outro artigo importante que fizemos e vai te ajudar no planejamento da viagem é sobre o Turismo no Iraque, onde damos 10 dicas para você viajar sem complicações.

Preciso de visto para o Iraque?

Sim, a todas as pessoas que querem viajar para o Iraque, seja na região do Curdistão Iraquiano ou não, precisam fazer um visto. No entanto, os vistos são diferentes e caso você queira viajar para ambas as regiões terá que fazer dois vistos e seguir algumas regras que falaremos mais à frente neste artigo.

Para entrar no Iraque, todas as nacionalidades, assim como o Brasil, têm a permissão de fazer o visto na chegada ao país. Para obter o visto de turismo ou visita ao Curdistão Iraquiano, alguns países estão liberados para fazê-lo na chegada ao país também, mas outros tem que fazer antes mesmo de viajar.

A lista de países e nacionalidades que estão liberadas para fazer o visto na chegada ao Curdistão está no site oficial.

Tipos de visto no Iraque e Curdistão

A grande maioria das pessoas viajam para o Iraque e região do Curdistão Iraquiano com a intenção de fazer turismo e visitar o país. Porém, esse não é o caso de 100% das pessoas e por isso ambas regiões oferecem outras opções de visto.

Os tipos de autorização de entrada no Curdistão são para trabalhar, estudar e reunião familiar. Para cada um desses vistos é necessário que você fique atento às regras e documentos necessários, principalmente porque estes vistos são ligados a terceiros e a pessoa ou empresa vai ter que emitir documentos específicos. 

Para viajar para o Iraque, as pessoas podem aplicar com os mesmo objetivos do Curdistão, porém ainda podem fazer o visto de trânsito e outros tipos que estão no site oficial. Em ambas regiões, existem os vistos diplomáticos que são feitos para políticos ou pessoas que trabalham para o governo de seus países. 

Quanto custa o visto do Iraque e Curdistão Iraquiano?

Dinheiro do Iraque
Dinheiro do Iraque

O visto de turismo do Curdistão Iraquiano custa 100.000 dinares iraquianos, o que dá aproximadamente 70 dólares americanos. Nós levamos 75 USD para cada um e como chegamos no país por terra, o funcionário do ônibus nos ajudou trocando o dinheiro, pois foi necessário pagar com moeda local.

No entanto, pode ser que no aeroporto você possa pagar diretamente em dólares americanos. De qualquer forma, deixe a quantia em dólares americanos e se possível em notas de 50 e 100 que são mais aceitas.

Para o visto do Iraque o valor é basicamente o mesmo, sendo 75 USD de taxa do visto. No entanto, no site do governo do Iraque, há três valores que são de 30 dólares americanos para o visto de turista e visita religiosa, 40 dólares para o visto regular e 100 dólares americanos para o visto de múltiplas entradas.

Validade do visto do Iraque e Curdistão

No Curdistão Iraquiano, o visto de turismo nos dá 30 dias para visitar a região, mas vale relembrar que não é o mesmo visto do Iraque. Esse visto pode ser estendido caso a pessoa queira converter o visto de turismo para o visto de trabalho, por exemplo. 

Essa extensão é válida por mais 45 dias e ainda pode ser estendida novamente por mais 45 dias. No total, você vai ter 90 dias extras, mas o governo só libera se você realmente for trocar o tipo do visto.

Na parte sul do Iraque a situação é diferente, pois o visto de turismo tem validade de 90 dias. No entanto, esse visto permite que você entre no Iraque apenas uma vez durante os três meses e permaneça pelo período máximo de um mês.

Como conseguir visto para o Iraque Curdo?

Comprovante do Visto do Curdistão Iraquiano
Comprovante do Visto no Curdistão Iraquiano

O visto do Curdistão Iraquiano com objetivo de turismo, que foi o que fizemos ao visitar a região, é bem tranquilo. Isso porque todo o processo é feito na chegada ao país, seja numa viagem por terra ou aérea.

Documentos para fazer o visto do Curdistão no Iraque

A primeira coisa que você deve ter em mente é a validade do seu passaporte. Para viajar e fazer o visto na chegada do Curdistão Iraquiano a data de validade do passaporte não pode ser inferior a 6 meses, portanto fique atento.

Por causa da pandemia de Covid-19, nós precisamos mostrar o comprovante internacional de vacina com pelo menos duas doses. Este comprovante foi pedido antes mesmo de fazer qualquer procedimento para o visto.

Além disso, você deve ter em mãos o planejamento da viagem e informações da sua hospedagem. Nada disso foi pedido para a gente, mas ter o seu plano de viagens em mãos é a documentação básica para qualquer viagem internacional.

Fronteira da Turquia e Iraque Curdo

Fronteira Iraque e Turquia onde faz o Visto para o Iraque e Curdistão
Fronteira Iraque e Turquia

Saímos de Mardin, na Turquia, num ônibus para Erbil, cruzando a fronteira Habur – Ibrahim Khalil. A experiência de chegar e sair do Curdistão Iraquiano viajando por terra foi tranquila e rápida. A única coisa chata é que o ônibus parou diversas vezes em “Checkpoints” e a gente tinha que ficar apresentando o passaporte toda hora.

O processo de saída da Turquia foi tranquilo e nós só apresentamos o passaporte e passamos as malas no raio-x. Entramos no ônibus novamente e fomos para a entrada do Iraque fazer o visto para o Curdistão.

Ao desembarcar do ônibus, nós tivemos que passar as malas no raio-x novamente e fomos para a janela de verificação da vacina do covid-19. Em seguida fomos fazer o visto, onde primeiro houve a verificação do passaporte e o agente nos encaminhou para outra janela para fazer o visto. 

O oficial da imigração não pediu nenhum documento extra além do passaporte e depois pediu o pagamento. Como estávamos com 150 dólares americanos para pagar os 2 vistos, o funcionário do ônibus, que estava nos acompanhando o tempo todo, foi trocar os dólares para moeda local e nos deu o troco.

Foi aí que entendemos que o valor do visto é 100.000 dinares iraquianos. O oficial da imigração, que não falava inglês, preencheu uma ficha à mão e indicou onde deveríamos assinar. Depois ele fez o processo do visto no computador, nos devolveu o passaporte carimbado e um papel que disse que era o visto.

Entre sair de um país e entrar no outro, houveram pelo menos 4 paradas onde a polícia entrava no ônibus para verificar nosso passaporte. Alguns faziam perguntas para os passageiros e um dos oficiais nos perguntou de onde éramos, mesmo estando com nosso passaporte na mão.

Viagem do Curdistão Iraquiano para Turquia

Para sair do Iraque Curdo, nós fizemos uma viagem também por terra para a Turquia, só que dessa vez, pegamos o ônibus de Duhok para a cidade de Diyarbakir. Mais uma vez passamos pelo posto de Habur – Ibrahim Khalil e foi mais tranquilo do que a chegada.

A saída foi rápida porque só precisamos passar num balcão para apresentar o passaporte. No entanto, a fila estava grande e bem bagunçada. Havia uma fila onde as mulheres e crianças tinham prioridade e mais 3 filas só para homens. 

Apesar disso, o processo individual foi rápido e voltamos para o ônibus até que todos tivessem feito o processo. No posto da fronteira no lado iraquiano, havia pessoas trocando dinheiro de modo informal, por dólar americano e lira turca.

Já na entrada na Turquia, quando estávamos na fila do raio-x, antes mesmo de dar entrada no país fomos levados para uma salinha. Durante a entrevista tivemos que mostrar as fotos no celular, nosso whatsapp e respondemos algumas perguntas. 

Apesar do nervosismo natural, foi tudo bem tranquilo e mesmo o policial não falando quase nada de inglês, teve até brincadeira sobre o futebol brasileiro. Depois disso, passamos no raio-x e no balcão da imigração para apresentar nosso comprovante da vacina, passaporte e visto da Turquia, pois somos residentes no país.

Como tirar o visto para o Iraque?

Visto para o Iraque e Curdistão
Visto do Curdistão no Iraque

Como falamos anteriormente, o visto para brasileiros no Iraque será feito na chegada apenas pelos aeroportos de Bagdá e Basra. Antes de viajar tenha todos os documentos em mãos, faça um planejamento das cidades e atrações que deseja conhecer e viaje com uma empresa de turismo credenciada com o governo local.

Documentos para o visto iraquiano

Os documentos que você precisa ter em mãos são o passaporte com validade mínima de seis meses e uma cópia da primeira página, aquela que tem seus dados e fotos. Além disso, é necessário ter os formulários de pedido do visto com 2 fotos atuais.

Outra coisa importante para fazer o visto do Iraque, é ter as passagens aéreas de ida e volta confirmadas e reservas em hotel por pelo menos 2 dias na cidade que chegar. Tenha também as informações do dinheiro que tiver levando e de reservas em sua conta bancária. 

Como falamos anteriormente, em qualquer viagem é importante ter um documento com todo o planejamento, e isso é pedido para fazer o visto. Você pode fazer um resumo com as cidades, atrações, nomes dos hotéis com endereço e quantos dias vai ficar em cada local, por exemplo.

Alerta aos viajantes do Iraque e Curdistão Iraquiano

Bandeira do Curdistão Iraquiano
Bandeira do Curdistão

Se você planeja viajar por todo o país e visitar as cidades do Curdistão Iraquiano e as cidades do Iraque, você terá que fazer um bom planejamento. Falo isso porque não é permitido viajar do Curdistão Iraquiano para o Iraque de forma alguma, mas é possível no sentido contrário. 

Para isso, você terá que viajar para o Iraque primeiro, chegando pelos aeroportos de Bagdá ou Basra. Em seguida poderá viajar pelo Curdistão Iraquiano sem problemas, caso contrário, você corre o risco de levar multa e ser deportado ou terá que fazer o visto para o Curdistão, voar para Bagdá e fazer o visto do Iraque.

Ainda vale comentar que no site do consulado brasileiro no Iraque tem alertas aos viajantes. Esses alertas são referentes a golpes de casamento, pois há muitos casos de pessoas que procuram as brasileiras para casar e pegar nacionalidade em nosso país. 

Outro alerta importante que o consulado brasileiros dá é para jogadores de futebol. Isso porque muitos atletas vão morar no Iraque e fazer parte dos times locais. eles também devem ter atenção a documentação e viagem para o país, principalmente porque a empresa deve oferecer todos os documentos e boas condições de trabalho.

Seguro saúde no Iraque

Não esqueça de uma das coisas mais importantes que é o seguro saúde. Além dele ser necessário para fazer o visto para o Iraque e para o Curdistão Iraquiano, você deve ter como uma forma de proteção a sua saúde, afinal nunca sabemos o que pode acontecer.

Para viajar pelo Iraque e Curdistão, as seguradoras recomendadas neste momento de pandemia são Affinity (com quarentena) ou Assist Card (com quarentena). Clique abaixo e faça uma cotação com a Seguros Promo para conhecer as melhores seguradoras do país e os valores de acordo com a data da sua viagem.

FAZER COTAÇÃO

Quer saber mais sobre o Iraque? Assista nosso vídeo

Durante nossos dias no Iraque, gravamos muita coisa legal para nosso canal do Youtube. Assistindo a esse vídeo você poderá ver mais sobre a cidade e as principais atrações. Aproveite e se inscreva em nosso canal, pois postamos vídeo toda semana e você receberá uma notificação sempre que a gente postar um vídeo novo.

E aí, vai viajar para o Iraque e o Curdistão? Conta para a gente como esse artigo te ajudou!!

Leia também

Inscreva-se
Notifique-me
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

7 Comentários
Mais novos
Mais velhos Mais votados
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários
ANTONIO
ANTONIO
3 meses atrás

BOM DIA, MINHA NOIVA FOI TRANSFERIDA PARA O IRAQUE E ESTOU TENTANDO VISTO PARA VISITA-LA. ELA MORA EM BAGDÁ E PRETENDO PERMANECER SOMENTE NA CIDADE. É SEGURO REALIZAR O VISTO NA CHEGADA AO AEROPORTO? ELE É FEITO ANTES OU APÓS PASSAR PELA IMIGRAÇÃO? GRATO

Adriano
Adriano
4 meses atrás

Bom dia. Tenho intenção de viajar para o Curdistão sem pretensão de volta para o Brasil. Seria um problema se mesmo com as passagens de ida e volta, eu não ter como apresentar um documento da reserva de hotel?
Seu artigo me clareou bastante coisa, obrigado!

Última edição em 4 meses atrás by Adriano
Ana Rosa de Jesus
Ana Rosa de Jesus
5 meses atrás

Gostaria de saber como viajar do Brasil para Bagda a turismo, permite fazer o visto na chegada a Bagda?Há muito tempo estou tentando o visto para o Iraque e não consigo.

Ana Rosa de Jesus
Ana Rosa de Jesus
5 meses atrás
Responder para  Andressa Silva

Bom dia Andressa, então eu quero viajar do Brasil para Bagda,mais não conseguir o visto, será que consigo embarcar sem o visto para o Iraque?

Nós utilizamos Cookies para melhorar sua navegação pelo blog. Ok, tudo bem O que é Cookie?

7
0
Vamos conversar? Deixe seu comentário!x