Home África O que fazer em Luxor, Egito: 10 principais atrações e dicas

O que fazer em Luxor, Egito: 10 principais atrações e dicas

por Flávio Mendes
O-que-fazer-em-Luxor

Achar o que fazer em Luxor não será tarefa difícil, já que a cidade é uma das mais importantes do país. Com dezenas de templos e mortuários importantes para o Egito, viajar a Luxor deve entrar em seu roteiro de viagem pelo país.

Bem lá no passado, entre os anos de 1550 a 1070 a.C, Luxor se chamava Tebas, a capital do império novo egípcio. A cidade que foi construída às margens do rio Nilo foi separada em duas. 

O lado leste de Luxor foi destinado a parte viva, onde as pessoas viveriam e onde ficariam alguns dos templos principais. Já o lado oeste foi destinado aos mortos, onde ficariam os túmulos e mortuários dos grandes faraós.

Um roteiro em Luxor vai incluir visitar templos milenares, passear de barco pelo Rio Nilo, conhecer as tumbas dos faraós mais importantes do Egito e até voar de balão. Dessa forma, acompanhe esse artigo até o final para ter todas as dicas de Luxor para sua viagem para o Egito.

Se preferir, vá direto ao assunto desejado utilizando o menu abaixo:

Como chegar em Luxor

Não existem voos diretos do Brasil até o Egito, por isso, será necessário fazer pelo menos uma escala na Europa ou em algum país do Oriente Médio. Para quem sai da Europa ou de outro país da região, consegue voar com alguma cia aérea de baixo custo.

Avião: Se você estiver vindo de outras cidades do Egito, poderá utilizar a companhia aérea Egypt Air. Ela é a principal companhia aérea do Egito e faz voos partindo das principais cidades. Assim, vale pesquisar, pois a maioria dos voos fazem escala no Cairo.

Transfer: saindo do aeroporto a melhor forma de chegar em seu hotel é de transfer. Falamos isso porque tivemos um problema com taxistas brigando para pegar nossa corrida, que acabou na delegacia do aeroporto. Perdemos metade de 1 dia resolvendo isso que nem era problema nosso. Assim, será a melhor forma de chegar ou sair de Luxor.

Ônibus: Os ônibus conectam as principais cidades do Egito de forma mais barata, mas necessariamente mais rápida. Você consegue fazer suas pesquisas utilizando o site da 12Go, que é nossa parceira aqui no blog, que utilizamos e recomendamos.

Barco: O Rio Nilo corta as principais cidades do Egito. Dessa forma, dá para chegar no Egito em um cruzeiro pelo principal rio da África. Essa com certeza é a forma mais legal de chegar até Luxor, pois além de se deslocar, você vai conseguir curtir a viagem a bordo de um barco de luxo.

Trem: Utilizar o trem é outra forma de percorrer as principais cidades do Egito. Vale lembrar que existem os trens noturnos, com cabines duplas privativas, onde as poltronas viram camas. Nele estão inclusos o jantar e o café da manhã.

Onde ficar em Luxor

Antes de saber onde se hospedar em Luxor, é bom saber onde ficam os melhores hotéis e resorts. Do lado leste, à direita do Rio Nilo, fica o centro da cidade de Luxor, os hotéis mais simples, bem como alguns resorts de rede com valores mais elevados.

Quem deseja ficar em um resort mais barato, o recomendamos ficar hospedado do lado oeste, à esquerda do Rio Nilo. É lá que ficam os melhores resorts em Luxor, com preços mais acessíveis, sendo também a região mais calma para ficar. 

Abaixo recomendamos alguns hotéis e resorts com as melhores avaliações no Booking.

Hilton Luxor Resort: Mesmo ficando um pouco afastado do centro, esse é um dos melhores resorts em Luxor. Fica de frente ao Rio Nilo, é equipado com piscina, spa, bar e restaurante, além de ter quartos muito bem decorados.

Iberotel Luxor: Outra opção muito boa de frente ao rio e perto do centro de Luxor. O hotel ainda conta com piscina, restaurante e bar.

Djorff Palace: O hotel tem arquitetura egípcia e também fica de frente para o Rio Nilo. É equipado com piscina, restaurante e bar, além de ficar próximo ao Vale dos Reis.

Veja todas as opções de hotéis em Luxor.

O que fazer em Luxor, Egito

Abaixo listamos tudo que você precisa fazer em Luxor para deixar sua viagem perfeita. Para nós, Luxor foi uma das melhores cidades para visitar e a que tem mais diversidade de passeios. Tem mercados, templos, tumbas, cruzeiro pelo rio e até voo de balão para os mais corajosos, por exemplo.

Como a cidade é dividida ao meio pelo rio Nilo, nossa lista do que fazer em Luxor começa pelo lado leste (East Bank), com os 4 primeiros pontos turísticos. Em seguida, vamos para o lado oeste (West Bank) com mais 4 pontos turísticos, além do passeio de balão.

Templo de Luxor

Templo-de-Luxor-Egito
Templo de Luxor

É um dos templos mais importantes do Egito, construído em 1400 a.C. Passou pela mão de diversos faraós durante seu período de construção, como Amenhotep III, Tutancâmon, Horemheb e Ramsés II.

Esse é um dos únicos lugares do Egito que é utilizado até hoje para fins religiosos. Isso porque foi utilizado como templo, depois usado pela comunidade cristã e logo em seguida, pelos muçulmanos. Até os dias de hoje existe uma mesquita dentro do Templo de Luxor.

Logo na entrada você verá um dos obeliscos, sendo que o outro se encontra atualmente no Palácio de La Concorde em Paris. Uma avenida de mais de 2km conecta o Templo de Luxor ao Templo de Karnak, onde várias esfinges fazem a decoração. Depois de anos de escavação, essa avenida que era tão importante foi reaberta recentemente.

  • Horários: Diariamente das 06h às 22h.
  • Ingressos: A entrada custa 160 LE.

Templo de Karnak

Templo-de-Karnak-Luxor-Egito
Parte do grandioso Templo de Karnak

O maior templo do Egito demorou quase 2000 anos para ser construído, mas mesmo assim, acredita-se que sua construção não conseguiu chegar ao fim. Ele passou pelas mãos de diversos faraós (mais de 30), algo que se nota pelos diferentes estilos de arquitetura que podem ser encontrados por lá.

O que chamamos de Templo de Karnak, na verdade é um complexo que inclui além de templos, santuários e outros edifícios. Dessa forma, ele é o segundo maior complexo de templos do mundo, ficando atrás apenas de Angkor Wat no Camboja.

Esse, com certeza, é um dos templos do Egito que mais nos impressionaram e também o que mais gostamos de visitar. Portanto, esse templo não pode ficar de fora do roteiro do que fazer em Luxor.

Para quem deseja conhecer ainda mais da história, pode contratar um tour que te leva ao Templo de Karnak e outros templos da região com guia egiptólogo. 

  • Horários: Durante o inverno das 08h às 16h e durante o verão das 08 às 17h.
  • Ingressos: A entrada custa 200 LE.

Museu de Luxor

Acreditamos que pela quantidade de templos e museus a céu aberto que existem em Luxor, visitar um museu fechado, como o Museu de Luxor pode se tornar um pouco sem graça. Sim, pode até ser, mas é nesse museu que ficam alguns itens achados no Vale dos Reis e em todas região.

Visitar o Museu de Luxor pode entrar no seu roteiro se você tiver tempo de sobra. Ele pode ser um complemento para aprender um pouco mais da história dos faraós que viviam na época.

  • Horários: Diariamente das 09h às 16h e das 17h às 22h.
  • Ingressos: A entrada custa 140 LE.

Museu da Mumificação

Outro museu bem pequeno, mas um tanto curioso é o Museu da Mumificação de Luxor. Nele, você vai saber sobre as técnicas utilizadas nos faraós mais importantes do Egito antes de serem enterrados.

A técnica de mumificação visava retirar todos os órgãos da pessoa a fim de que seu corpo não apodrecesse. Para isso eram utilizadas técnicas e produtos químicos que preservavam as múmias. 

É incrível como alguns corpos que foram mumificados há mais de 3000 anos ainda se encontram em bom estado de conservação. Além de pessoas, os animais eram mumificados que estão expostos no museu.

Vale dos Reis

Vale-dos-Reis-Luxor-Egito
Vale dos Reis visto do alto

O Vale dos Reis foi o local escolhido para servir de tumba para os faraós das dinastias 18, 19 e 20 do novo império egípcio. Dessa forma, o local foi escolhido por causa do novo método de esconder a tumba dos faraós, junto com seus tesouros.

Como as pirâmides do Egito já não eram locais mais seguros, viu-se uma oportunidade de criar novas tumbas debaixo da terra. É no vale dos reis que ficam as tumbas de faraós como Tutancamon e Seti I, por exemplo.

Esse, sem dúvidas, é um dos lugares mais fantásticos do Egito e que não deve ficar de fora da sua lista do que fazer em Luxor. Se preferir, você poderá fazer um tour guiado que te leva ao vale dos reis e outros templos em Luxor.

  • Horários: Durante o inverno das 06h às 16h e durante o verão das 06 às 17h.
  • Ingressos: A entrada custa 240 LE, mas para acessar as tumbas adicionais é necessário para a parte. Ramsés V e VI: 100 LE, Seti I: 1000 LE e Tutancâmon: 300 LE.

Vale das Rainhas

Outro lugar importante para colocar em seu roteiro de coisas para fazer em Luxor, é o Vale das Rainhas. Foi nesse lugar que rainhas, princesas e até alguns príncipes (filhos dos faraós) importantes das dinastias 19 e 20 foram sepultados. 

Em todo o espaço encontram-se muitas tumbas, mas a mais importante com certeza é a da rainha Nefertari (QV66), a principal esposa do faraó Ramsés II. Sua tumba está aberta a visitação, mas vale lembrar que existe um número limitado de visitas por dia.

O preço para visitar a tumba de Nefertari é um dos maiores do Egito, custando 1400 LE, mas vale bem a pena. Isso porque toda a tumba ainda preserva as pinturas originais coloridas, sendo a tumba mais bonita dentre o Vale dos Reis e Vale das Rainhas.

  • Horários: Durante o inverno das 06h às 16h e durante o verão das 06 às 17h.
  • Ingressos: A entrada custa 100 LE e a tumba da rainha Nefertari custa 1400 LE.

Templo de Hatshepsut

Templo-de-Hatshepsut-Egito
Templo de Hatshepsut

Hatshepsut foi a segunda rainha que conseguiu se tornar faraó, governando o Egito durante a 18a dinastia por 22 anos. Por causa disso, ela é conhecida como a mais poderosa rainha que tenha governado o Egito, com um templo mortuário destinado a ela e ao deus da morte, Osíris.

A rainha, que foi a principal esposa do faraó Tutmés II, foi responsável por diversas construções, como algumas dentro do Templo de Karnak, por exemplo. O templo mortuário de Hatshepsut fica ao lado do Vale das Rainhas e vale a visita. 

Ele é dividido em 3 níveis, com terraços que se sobressaem e são conectados por rampas. A decoração foi muito bem preservada, com alguns hieróglifos que ainda não perderam a cor das pinturas.

  • Horários: Durante o inverno das 06h às 16h e durante o verão das 06 às 17h.
  • Ingressos: A entrada custa 140 LE.

Medinet Habu

Medinet-Habu-Templo-Ramses-III
Entrada do Medinet Habu

Também conhecido como Templo Mortuário de Ramsés III, esse grande templo em formato retangular é bem diferente de outros da região. Foi um dos lugares mais vazios que visitamos, mas apesar disso, guarda grande beleza em sua decoração e arquitetura.

Nas paredes, cenas que retratam a vitória dos egípcios em cima dos Povos do Mar. Para quem não sabe, esses povos eram compostos marinheiros que atacaram o Egito Antigo antes do colapso da Idade do Bronze.

Em todo seu entorno havia uma muralha que fazia a proteção, mas ela já não existe mais. Ainda assim é possível notar o paredão frontal logo de entrada. Hatshepsut chegou a construir um templo dedicado ao Deus Amon dentro do complexo de Medinet Habu.

  • Horários: Durante o inverno das 06h às 16h e durante o verão das 06 às 17h.
  • Ingressos: A entrada custa 100 LE.

Passeio de Balão em Luxor

Passeio-de-Balao-em-Luxor
Voo de balão durante o nascer do sol em Luxor

Voar de balão por todo o Vale dos Reis no Egito é um programa que deve entrar na sua lista do que fazer em Luxor. Isso porque você vai pagar muito mais barato do que em locais famosos como a Capadócia na Turquia. 

Os passeios acontecem durante o nascer do sol, a hora com a melhor luz e as melhores cores para ter a melhor experiência no Egito. O tour funciona da seguinte forma: o motorista passa bem cedo no seu hotel para te pegar, por volta das 4h30 da manhã, e leva até um local para tomar o café da manhã.

Depois disso, eles seguem para o lado oeste do Rio Nilo, bem perto do Vale dos Reis, de onde saem os balões. Isso tudo acontece ainda de noite, mas é o tempo perfeito para chegar no céu quando o sol estiver nascendo. O voo tem duração de 45 minutos.

Contrate aqui o seu passeio de balão em Luxor.

Cruzeiro pelo Rio Nilo

Fazer um cruzeiro pelo rio Nilo é possível em diversos trechos dele. Porém, é entre Luxor e Aswan que está a famosa rota, com viagens que duram de 3 a 5 dias. O legal do cruzeiro é que ele inclui tudo, desde as refeições até os passeios e ingressos para os templos durante as paradas.

Nós recomendamos contratar o passeio com nossa parceira Get Your Guide, que é muito bem avaliada. O cruzeiro que indicamos tem duração de 3 dias e 2 noites, e tem paradas tanto em Luxor, quanto em Aswan para conhecer os principais templos citados neste artigo.

Contudo, quem desejar ficar ainda mais tempo navegando pelo rio Nilo, também recomendamos o cruzeiro que tem duração de 5 dias e 4 noites, passando por muito mais atrações. Nós não tivemos a oportunidade de fazer esse passeio, mas com certeza irá entrar na lista da próxima vez que formos visitar o Egito. 

O que fazer em Luxor à noite

O-que-fazer-em-Luxor-a-noite-Templo-de-Luxor
Entrada do Templo de Luxor à noite

De noite ainda tem muita coisa para fazer em Luxor. Dessa forma, separamos alguns programas para fazer assim que o sol se põe. 

Começamos com o show de luzes do Templo de Karnak que custa 250 LE e começa às 19h. Diferente de outros shows que você fica parado, durante esse show dá para andar pelo templo enquanto ele está todo iluminado e colorido.

Outro templo que fica todo iluminado à noite é o Templo de Luxor. Dessa vez não é preciso pagar para um show, já que ele fica aberto até as 22h. Andar pela avenida das esfinges recém aberta também entra na lista do que fazer em luxor à noite.

Fazer um passeio de felucca, o tradicional barco a vela egípcio durante o pôr do sol é outro programa bem legal. Você vai conseguir pegar a transição do pôr do sol, junto a toda margem do rio e templos começarem a ficar iluminados durante a noite.

Para finalizar, você ainda pode ir a um bazar fazer compras ou jantar em um bom restaurante. Como recomendação, temos o Sofra, o El Tarboush e o Aisha Restaurante com ótima comida local.

Roteiro do que fazer em Luxor: dia a dia

Agora que você já sabe o que fazer em Luxor, montamos um roteiro de 2 a 3 dias na cidade para você conseguir conhecer todos os principais pontos turísticos. Nós acabamos ficando 1 dia e meio na cidade e tivemos que fazer tudo com muita pressa. 

Portanto, recomendamos separar de 2 a 3 dias para conhecer a cidade de Luxor com calma. A melhor forma de otimizar o tempo é contratando um tour que passa pelos principais atrativos da cidade. 

Roteiro de 1 dia em Luxor

Você pode começar o dia conhecendo a parte leste da cidade, onde fica o centro de Luxor e alguns templos. Assim, comece o dia indo ao Templo de Luxor, um dos principais da cidade. 

Separe de 1 a 2 horas para conhecer com calma e depois já dá para ir até o Templo de Karnak. Separe pelo menos 3 horas para conhecer o maior templo do Egito. Se você ainda tiver tempo sobrando, vá até o Museu de Luxor e ao Museu da Mumificação. Finalize o dia jantando em algum restaurante do centro da cidade.

Roteiro de 2 dias em Luxor

Separe esse dia para conhecer o oeste da cidade de Luxor, o vale dos mortos. Comece o dia indo bem cedo ao Vale dos Reis. Separe de 2 a 3 horas para conhecer com calma as principais tumbas de faraós importantes.

Saia de lá e vá até o Templo de Hatshepsut, mas esse com 1 hora é o suficiente para conhecer. Ao lado também tem o Medinet Habu, o templo dedicado ao faraó Ramsés III. Bem em frente fica o Vale das Rainhas, outro ponto importante a ser conhecido.

Roteiro de 3 dias em Luxor

No terceiro dia do roteiro no Egito, você pode focar em uma programação diferente. No entanto, se você só tiver dois dias na cidade, consegue encaixar esses tours no dia 1 ou 2 do roteiro. Isso porque os passeios são feitos muito cedo ou durante o pôr do sol, ou seja, fica fácil de encaixar no roteiro.

Comece o dia bem cedo fazendo o passeio de balão em Luxor, assistindo o nascer do sol sobrevoando o Vale dos Reis. Durante a tarde você pode aproveitar e ir até o bazar de Luxor, comprar algumas lembranças de viagem e experimentar a culinária egípcia. Para finalizar o dia, faça um passeio de barco pelo rio Nilo apreciando a paisagem de toda a região.

Seguro Viagem para o Egito

O seguro viagem para Egito não é obrigatório, mas recomendamos que você viaje com o seu. É essencial ter seguro, independente do tipo de viagem que você faça. 

É bem fácil contrair uma infecção intestinal durante uma viagem pelo Egito. A comida pode ser manuseada de forma errada, temperos são bem diferentes e a água da torneira pode ser usada para o preparo de alguns pratos, por exemplo.

Outro item a se levar em consideração é o calor extremo que faz em algumas épocas do ano. Em outras palavras, pode causar insolação, desidratação e outras doenças relacionadas. Sendo assim, recomendamos contratar seu seguro viagem com nossa parceira Seguros Promo, que é de confiança e faz a seleção das melhores seguradoras.

Para uma viagem de 10 dias pelo Egito, achamos valores a partir de R$140 (R$14 por dia). É bem barato contando que você vai estar protegido por toda sua viagem. Você ainda pode conseguir um desconto extra, utilizando nosso código VIAJELEVE15 na hora do pagamento.

Passeios em Luxor

Agora que você já sabe tudo o que fazer em Luxor, já pode contratar seus passeios pela cidade. Recomendamos nossa parceira em vendas de ingressos para atrações, a Get Your Guide. Contratando seus passeios com antecedência, você já chega na viagem tranquilo, não vai precisar pegar filas e estará com tudo organizado.

Leia também

Inscreva-se
Notifique-me
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

4 Comentários
Mais novos
Mais velhos Mais votados
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários
Nicole Zyngier
Nicole Zyngier
2 anos atrás

Amiga 20 USD por um passeio de balão?? sempre achei que fosse mais? como vocês contrataram? lindo blog

Karen Macagnan
Karen Macagnan
5 anos atrás

Olá Flavio, adorei seu post. Estou pensando em ir ao Egito, qtos dias você acha que seriam necessários para conhecer luxor e seus templos? Obrigada
Karen

Flavio Mendes
Flavio Mendes
5 anos atrás
Responder para  Karen Macagnan

Oi Karen, tudo bem?

De 2 a 3 dias seria ideal, isso se você contratar um taxi que te leve nos templos ou um guia.

Abraços

Nós utilizamos Cookies para melhorar sua navegação pelo blog. Ok, tudo bem O que é Cookie?

4
0
Vamos conversar? Deixe seu comentário!x