Home Brasil Museus em São Paulo, SP: Os melhores para visitar

Museus em São Paulo, SP: Os melhores para visitar

por Flávio Mendes
O que fazer em São Paulo Masp

Quando se pensa em Museus em São Paulo, podemos dizer que a capital paulista é um prato cheio no assunto. Estima-se que existam mais de 120 museus, de todos os tipos que você possa imaginar. Assim, São Paulo é a cidade com a maior quantidade de museus da América Latina. 

Com isso em mente, já dá para ver que opções não vão faltar, não importando o tipo de viajante que você é. Então acompanhe esse artigo até o final para ver a lista dos principais museus do estado de São Paulo que devem ser visitados.

Quando ir a São Paulo

As estações são bem definidas da capital paulista, por isso, os verões costumam ser quentes com temperaturas que ultrapassam os 30 graus. No inverno, por outro lado, prepare-se para pegar frio com temperaturas entre 10 e 15 graus.

No outono e primavera as temperaturas são mais amenas, por isso é uma ótima época para fazer a visita. Outro item a se levar em consideração são as férias no meio de ano e final de ano porque nessa época a capital costuma ser mais vazia e ter bem menos trânsito.

Que dia da semana é melhor para conhecer os museus em São Paulo

Escolher o dia da semana é item importante na hora do planejamento. Isso porque muitos museus não abrem durante alguns dias da semana. Dessa forma, evite conhecer os melhores museus em São Paulo às segundas-feiras. Boa parte dos museus – não só indicados neste artigo, mas em geral – não abrem durante esse dia da semana.

Outro item que deve ser levado em consideração é se o museu é gratuito no dia que você deseja visitar. Falo isso porque muitos museus para visitar em São Paulo são gratuitos todos os dias da semana, mas existem aqueles que têm gratuidade durante apenas 1 dia da semana ou do mês.

Com isso em mente, visitar durante esses dias vai garantir uma economia no seu orçamento. No entanto, você deve ficar preparado para disputar espaço com mais gente visitando os museus nesses dias.

Como chegar nos Museus em São Paulo

Boa parte dos museus para visitar em São Paulo tem uma estação de metrô ao lado ou fica a poucos minutos de caminhada. Portanto, recomendamos conhecer São Paulo de metrô, já que é o meio de transporte mais barato e rápido para se locomover. 

Quando essa não for a opção, dá para utilizar um aplicativo de táxi facilmente. Contudo, fique atento para evitar os táxis durante o horário de pico de São Paulo (07h às 10h e 17h às 20h), já que os engarrafamentos são bem grandes.

Se desejar, vá direto ao museu em São Paulo desejado, utilizando o menu abaixo:

  1. MASP
  2. MIS São Paulo
  3. Museu do Ipiranga
  4. Imigração do Estado de São Paulo
  5. Língua Portuguesa
  6. Museu Afro Brasil
  7. MAM São Paulo
  8. Museu do Futebol
  9. Museu da Casa Brasileira
  10. Catavento Cultural
  11. Museu da Imigração Japonesa
  12. Instituto Tomie Ohtake
  13. Memorial da América Latina
  14. Museu Memorial Bovespa
  15. Museu de Arte Contemporânea

Melhores Museus em São Paulo

Como falamos anteriormente, dada a quantidade de museus que existem em São Paulo, ficaria impossível para você conhecer todos em uma viagem a turismo. Dessa forma, separamos os que achamos mais interessantes para que você coloque no seu roteiro do que fazer em São Paulo.

1 – Museu de Arte de São Paulo (MASP)

O-que-fazer-em-Sao-Paulo-Masp
Museu de Arte de São Paulo

O Museu de Arte de São Paulo é um dos principais museus do estado. Com um projeto inusitado em formato de retângulo e um vão de 70m de comprimento sem pilares de apoio no meio, chama a atenção de quem passa pela avenida Paulista.

Foi fundado em 1947 pelo empresário Assis Chateaubriand, que convidou a famosa arquiteta Lina Bo Bardi para a realização do projeto arquitetônico. O vão livre entre os 4 pilares de sustentação foi pensado exatamente para ser uma área para a população aproveitar.

Tanto é que aos domingos acontece a feira de antiguidades da Paulista neste espaço. A feirinha vai das 09h às 17h e nela você vai achar muita coisa antiga, ou seja, é boa para colecionadores.

O Masp tem mais de 10.000 peças de arte em seu acervo, como peças artesanais, roupas e vestuários de época, por exemplo. Além do Brasil, as obras vêm de outros países africanos, asiáticos e europeus. O museu ainda conta com exposições temporárias, ou seja, sempre vai ter algo novo para ver no Masp. 

Bem ao lado do Masp está sendo construído um edifício de 14 andares, que será anexado ao atual museu. Dessa forma, serão mais 6000m2 de área de exposições, com salas, galerias, sala de restauro, restaurante e loja. No novo prédio você terá acesso tanto pelo térreo quanto pelo subsolo.

  • Endereço: Avenida Paulista, 1578.
  • Como chegar: Estação Trianon – Masp, Linha 2 verde do metrô.
  • Horários: Terça, sábado e domingo das 10h às 18h, quarta a sexta das 12h às 18h, fechado às segundas
  • Preços: Adultos R$45, estudantes, professores e idosos R$22. Gratuito às terças, toda primeira quarta-feira do mês, para menores de 11 anos e portadores de necessidades especiais.

2 – Museu da Imagem e do Som de São Paulo (MIS)

O Museu da Imagem e do Som de São Paulo foi fundado em 1970 por Rudá de Andrade, Paulo Emílio Salles Gomes, Luiz de Almeida Salles e Ricardo Cravo Albin para ser patrimônio nacional da imagem e som.

No acervo do MIS você vai poder ver mais de 200.000 itens, que vão das câmeras, vídeos e filmes aos cartazes e fotografias do passado, bem como do presente. Além disso, ele tem mais de 1.600 vídeos de diversos gêneros. Para quem gosta de foto e vídeo, a certeza de se divertir é garantida.

Ele está sempre se reinventando, e acompanhar as mostras e exposições é um programa que não pode ficar de fora da sua lista do que fazer em São Paulo. Muitas dessas exposições são interativas e em tempos de Covid-19, você pode ver algumas delas online.

O local foi uma das primeiras instituições a organizar festivais de vídeo e fotografia, como o festival internacional de curtas. Eles ainda oferecem cursos na área de fotografia, música, história da arte, cinema e até cultura geek.

Em 2019 foi inaugurado o MIS Experience, uma extensão do museu que foca em uma visita imersiva. Dessa forma, as pessoas conseguem interagir com a exposição, sendo o primeiro espaço imersivo da américa latina. Ele fica em um espaço que pertencia a TV Cultura.

O MIS fica na extensão da Rua Augusta. Saindo do museu e andando para a esquerda, você vai notar que a Av. Europa vai virar a Rua Augusta depois de 4 quadras. Por fim, recomendamos o passeio por essa rua, pois vale bem a pena, tanto de dia quanto de noite.

  • Endereço: MIS – Avenida Europa, 158. MIS Experience – Rua Vladimir Herzog, 75.
  • Como chegar: A estação mais próxima é a Fradique Coutinho, Linha 4 amarela do metrô. Já para o MIS Experience você pode utilizar a estação Água Branca, linha 7 Rubi da CPTM.
  • Horários: Terça a sábado das 12h às 22h, domingos e feriados das 12h às 21h.
  • Preços: Atualmente fechado para montagem de novas exposições e sem valores atualizados.

3 – Museu do Ipiranga

No Parque da Independência fica o Museu Paulista da Universidade de São Paulo, também conhecido como Museu do Ipiranga. Ele é o museu mais antigo de São Paulo, fundado em 1895, nessa época com nome de Museu de História Natural. 

Com o centenário da independência em 1922, o museu ganhou novas alas e acervos, além de ter sido todo reformado externamente. Durante a visita, você vai poder ver que estão presentes mais de 450.000 objetos de arte, obras, esculturas e tudo que remete à história, desde o século 17.

Lá está uma das obras mais famosas, o quadro “Independência ou Morte”, pintado por Pedro Américo. Ele retrata o momento em que Dom Pedro I faz o grito às margens do Rio Ipiranga proclamando a independência do Brasil, em 7 de setembro de 1822.

Junto ao parque você ainda vai encontrar a Biblioteca do Museu Paulista, que conta com mais de 40.000 livros sobre a história do Brasil e de São Paulo. Contudo, o museu encontra-se fechado para reformas desde 2013, porque teve problemas nas estruturas.

  • Endereço: Parque da Independência.
  • Como chegar: A estação mais próxima é a Alto do Ipiranga, Linha 2 verde do metrô.
  • Horários: Previsão de abertura para 7 de setembro de 2022. O parque continua funcionando diariamente das 05h às 20h.
  • Preços: Sem informação.

4 – Museu da Imigração do Estado de São Paulo

Onde atualmente é o Museu da Imigração, já foi a hospedaria de imigrantes que recebiam estrangeiros e brasileiros de outros estados. Em seguida, eles eram direcionados aos campos de trabalho na colheita do café. 

Logo depois passou a ser memorial e após ser tombado, se transformou em museu. Durante os 91 anos de funcionamento da hospedaria, eles chegaram a abrigar mais de 2,5 milhões de pessoas de 70 nacionalidades.

No museu você verá mostras e exposições que mudam de tempo em tempo, além do acervo de objetos que pertenciam a imigrantes e toda história envolvida desde sua chegada.

Uma visita ao museu da imigração pode ser combinada com uma visita ao bairro de compras do Brás, pois ele fica bem ao lado das melhores ruas de compra.

  • Endereço: Avenida Visconde de Parnaíba, 1316.
  • Como chegar: Estação do Brás, Linha 3 vermelha do metrô. 
  • Horários: Terça a sábado das 09h às 17h e domingo das 10h às 17h.
  • Preços: Adultos R$10, crianças, idosos, estudantes e professores pagam R$5.

5 – Museu da Língua Portuguesa

O museu da língua portuguesa foi aberto pela primeira vez no ano de 2006. Nele, você vai conseguir mergulhar de cabeça na história da nossa língua, como ela surgiu e vai poder interagir com a exposição.

Um incêndio destruiu boa parte do museu em 2015, mas apesar disso, suas obras não foram perdidas, já que era digital. Ele foi reaberto esse ano (2021) junto à estação da Luz, uma das mais bonitas de São Paulo.

Aproveite a visita ao museu da língua portuguesa e estenda seu passeio até a rua 25 de março, se você quiser comprar muita coisa barata. Ali também fica pertinho do Mercadão de São Paulo, famoso por seus lanches gigantes e produtos de qualidade.

  • Endereço: Praça da Luz.
  • Como chegar: Estação da Luz, Linha 1 azul do metrô e que faz ligação com outras linhas. 
  • Horários: Terça a domingo das 09h às 16h30.
  • Preços: Adulto R$20, meia entrada R$10, mas é gratuito aos sábado. Devido ao Covid-19, os ingressos devem ser comprados online mediante agendamento.

6 – Museu Afro Brasil

Museu-Afro-Brasil
Muse Afro Brasil

O museu é dedicado à cultura afro-brasileira e africana, com um acervo de mais de 6.000 obras abordando temas da arte, escravidão, religião e trabalho. Além do acervo de longa duração, também acontecem exposições temporárias que mudam de tempos em tempos.

Junto ao museu ainda existe o teatro Ruth de Souza, onde acontecem palestras e a biblioteca Carolina Maria de Jesus, voltada ao tema do museu. O Museu Afro Brasil fica junto ao pavilhão Padre Manoel da Nóbrega, que faz parte do conjunto arquitetônico projetado por Oscar Niemeyer.

Esse conjunto fica dentro do Parque do Ibirapuera, dando para realizar a visita em conjunto com o parque e outras atrações que ficam lá dentro. Com certeza é um dos museus em São Paulo que devem ser visitados.

  • Endereço: Portão 10, Av. Pedro Álvares Cabral, s/n (Parque do Ibirapuera).
  • Como chegar: A estação mais perto é a AACD – Servidor, Linha 5 lilás do metrô. 
  • Horários: Terça a domingo das 10h às 17h.
  • Preços: R$15, meia-entrada R$7,50 e gratuito às quartas.

7 – Museu de Arte Moderna (MAM)

O Museu de Arte Moderna também fica dentro do Parque do Ibirapuera e pode ser conhecido no mesmo dia que o Afro Brasil. Ele foi fundado em 1948, com projeto de Lina Bo Bardi, e tem mais de 5.000 obras dos principais artistas da arte moderna do Brasil.

A missão do museu é difundir a arte moderna brasileira, fazendo o maior número de pessoas terem acesso a ela. Ele possui além das salas de exposições, biblioteca, restaurante e a lojinha do museu, para comprar uma lembrança da sua viagem.

  • Endereço: Portão 3. Av. Pedro Álvares Cabral, s/n (Parque do Ibirapuera).
  • Como chegar: A estação mais perto é a AACD – Servidor, Linha 5 lilás do metrô. 
  • Horários: Terça a domingo das 10h às 18h.
  • Preços: Atualmente a entrada é gratuita.

8 – Museu do Futebol

Para os amantes do mundo futebolístico, o Museu do Futebol deve entrar na lista dos museus para visitar em São Paulo. O espaço foi construído dentro do Estádio Municipal Paulo Machado de Carvalho, mais conhecido como Pacaembu, e traz a história do futebol através de painéis, livros, dvds e até uma biblioteca voltada ao futebol. 

Ele ainda conta com mostras e exposições temporárias voltadas ao tema. Você ainda poderá tomar um café ou fazer uma refeição no Bubu Restaurante, além de visitar a lojinha do museu e comprar uma lembrancinha.

  • Endereço: Praça Charles Miller, s/n.
  • Como chegar: A estação mais perto é a Paulista, Linha 4 amarela do metrô. 
  • Horários: Terça a domingo das 09h às 17h. Está sendo necessário agendar a visita e comprar o ingresso online.
  • Preços: R$20, meia-entrada R$10 e gratuito para crianças até 7 anos, portadores de necessidades especiais e todas às quintas-feiras.

09 – Museu Catavento Cultural

O Museu Catavento é um museu interativo voltado para as crianças e jovens. Atualmente tem uma área total de 12.000m2, construído no Parque Dom Pedro II. É dividido em 4 partes: Universo, Vida, Engenho e Sociedade.

A área do Universo conta como nosso universo nasceu, além de mostrar a origem da terra, do sol e do espaço. Já a área sobre a Vida, conta de onde viemos e as origens do homem desde a pré-história.

A parte sobre o Engenho, conta as engenhocas inventadas pelos seres humanos, com relação a física e química. Por último, a área sobre a Sociedade traz relatos da nossa vida, como preservação do meio ambiente, sustentabilidade e igualdade racial.

O mais legal desse museu é que você consegue interagir com ele, através de painéis, jogos e audiovisual. O Catavento Cultural fica entre o centro histórico de São Paulo, pertinho do mercadão municipal e do bairro de compras do Brás.

  • Endereço: Av. Mercúrio, s/n.
  • Como chegar: A estação mais perto é a Dom Pedro, Linha 3 vermelha do metrô. 
  • Horários: Quarta a domingo das 11h às 16h. Está sendo necessário agendar a visita online. O agendamento deve ser feito de segunda a sexta, das 09h às 16h30 pelo telefone (11) 3246 4140.
  • Preços: R$10, meia-entrada R$5.

10 – Museu da Imigração Japonesa no Brasil (Bunkyo)

O museu conta a história da imigração japonesa no Brasil que aconteceu há mais de 100 anos. São 97.000 itens expostos, dentre eles, filmes, vídeos, revistas e livros, além de roupas e utensílios domésticos que eram utilizados na época.

Para quem gosta da cultura nipônica, esse museu deve entrar na sua lista de museus em São Paulo que merecem ser visitados. Como o museu fica no Bairro da Liberdade, já dá para aproveitar e conhecer o bairro mais oriental de São Paulo.

  • Endereço: Rua São Joaquim, 381.
  • Como chegar: Estação São Joaquim, Linha 1 azul do metrô. 
  • Horários: Museu – Terça a domingo das 13h às 17h. Biblioteca – Segunda a sexta das 09h às 17h e sábados das 13h às 17h.
  • Preços: R$16, meia-entrada R$8 e gratuito às quartas-feiras.

Museus em São Paulo Gratuitos

Para quem gosta de viajar barato e economizar na hora de conhecer as atrações turísticas de uma cidade, temos uma boa notícia. São Paulo conta com muitos museus que são gratuitos todos os dias da semana. 

O mais legal é que praticamente todos os museus em São Paulo possuem um dia na semana que é gratuito. Dessa forma, dá para visitar de graça até os melhores museus de São Paulo citados anteriormente.

11 – Instituto Tomie Ohtake

Tomie Ohtake nasceu no Japão e em uma vinda ao Brasil em 1938 não conseguiu retornar a seu país. Assim, fez sua vida no Brasil e foi só com 40 anos que começou a pintar e se dedicar às artes plásticas.

O instituto foi criado em 2001 para ser um lugar focado apenas nas artes plásticas, algo até então inédito no país. Além de mostrar todo o trabalho de Tomie Ohtake durante os 60 anos em que atuou, o instituto também é referência na formação de professores e alunos nas redes privadas e públicas.

O prédio do instituto foi projetado por Ruy Ohtake, filho de Tomie. O prédio é lindo, em tons de rosa e roxa e com formas geométricas que se destacam no meio de São Paulo.

  • Endereço: Av. Brg. Faria Lima, 201 (entrada pela Rua Coropé, 88).
  • Como chegar: Estação Faria Lima, Linha 4 amarela do metrô.
  • Horários: Terça a domingo das 11h às 20h.
  • Preços: Entrada gratuita (algumas exposições são pagas).

12 – Memorial da América Latina

O Memorial da América Latina é um conjunto de museus, galerias de arte, teatro e espaço para pesquisas científicas e acadêmicas. Nasceu para ser um local que unisse a parte social, cultural e política dos países de língua latina e caribenha, para resgatar a antiga ideia de solidariedade e de união defendidas pelos libertadores da América no século 19.

No memorial é possível visitar o acervo de obras de arte, assim como utilizar a biblioteca latino-americana com mais de 30.000 títulos de livros de toda américa latina. O memorial nasceu em 1989 com projeto mais uma vez do arquiteto Oscar Niemeyer, que foi o arquiteto mais famoso do Brasil.

  • Endereço: Avenida Auro Soares de Moura Andrade, 664.
  • Como chegar: Estação Palmeiras – Barra Funda, Linha 3 vermelha do metrô.
  • Horários: Pavilhão da Criatividade – terça a domingo das 09h às 18h e Biblioteca – segunda a sexta das 09h às 18h e sábados das 09h às 15h.
  • Preços: Entrada gratuita.

13 – Museu Memorial Bovespa

Onde antigamente funcionava o pregão da Bovespa, hoje é um museu aberto à visitação. Aquele negócio de ficar gritando na hora de negociar ações já não existe há anos, mas você pode visitar onde funcionava a bolsa de valores do Brasil. 

Dessa forma, tudo que era utilizado no momento dos pregões da bolsa de valores está exposto no museu. Dentre eles, os telões de negociação, uniformes dos negociadores, mobiliários e aparelhos de negociação, por exemplo.

  • Endereço: Rua Quinze de Novembro, 275.
  • Como chegar: Estação São Bento, Linha 1 azul do metrô. 
  • Horários: Segunda a sexta das 09h às 17h.
  • Preços: Gratuito.

14 – Museu de Arte Contemporânea (MAC)

É outro museu que faz parte do conjunto arquitetônico projetado por Oscar Niemeyer no Parque do Ibirapuera, só que dessa vez o museu fica ao lado do parque. O museu, que foi inaugurado em 1963, tem a maior coleção de arte contemporânea da américa latina.

São mais de 10.000 obras entre pinturas, gravuras, esculturas e outras coisas mais. Esse é mais um museu em São Paulo que pode ser visitado em conjunto com o MAM e o Afro Brasil.

  • Endereço: Av. Pedro Álvares Cabral, 1301.
  • Como chegar: A estação mais perto é a AACD – Servidor, Linha 5 lilás do metrô. 
  • Horários: Terça a quinta das 11h às 19h e sexta a domingo das 11h às 21h.
  • Preços: Gratuito, mas precisa de agendamento prévio online.

Passeios em São Paulo

Agora que você sabe quais são os melhores museus na cidade de São Paulo, deixamos abaixo algumas recomendações de passeios para fazer na capital paulista. Sempre recomendamos nossa parceira, a Civitatis para te guiar da melhor forma possível.

Leia também

Inscreva-se
Notifique-me
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

0 Comentários
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários

Nós utilizamos Cookies para melhorar sua navegação pelo blog. Ok, tudo bem O que é Cookie?

0
Vamos conversar? Deixe seu comentário!x