Home África Luxor e seus templos egípcios

Luxor e seus templos egípcios

por Flávio Mendes
Templo de Karnak

Luxor é uma das principais cidades do Egito e o maior museu a céu aberto do mundo. É lá que ficam os principais templos e mortuários do país. Fica fora do roteiro de muita gente por falta de informação, mas apesar de pouco conhecida é a cidade onde você conseguirá ver o verdadeiro Egito. Ficamos 2 dias em Luxor em nossa viagem de 12 dias pelo país e vamos contar o que visitamos.

Luxor fica 600 km ao sul do Cairo, as margens do rio Nilo. O Nilo sempre serviu de aliado à diversas cidades do Egito e em Luxor não foi diferente. A cidade foi fundada em ambas as margens do rio. Do lado direito do Nilo fica a East Bank, espaço reservado para os vivos, onde as pessoas moravam. Do outro lado, a West Bank, lado reservado para os mortos, onde ficam as tumbas e necrópoles dos antigos faraós.

Como a maioria desses templos ficam distantes do centro de Luxor, o ideal é contratar um tour ou fechar com algum taxista uma diária, combinando um valor para te levar em todos os pontos turísticos mais importantes e distantes. Existem algumas agências de confiança em Luxor, mas pesquise bem para não fazer a besteira que fiz, como você pode ver nesse post aqui.

Como chegar em Luxor

É possível chegar de avião, pelo aeroporto internacional de Luxor, com voos que chegam de diversas partes do mundo. Também é possível chegar de trem, vindo de Aswan ou do Cairo. Já os ônibus cobrem boa parte do país e a empresa Gobus faz diversas rotas. Nós chegamos de avião vindo de Sharm el Sheikh pela companhia aérea Egypt Air.


Reserve seu hotel com cancelamento grátis

   Veja todas as opções de hotéis no Luxor


Inicialmente era um voo direto, mas como foi cancelado, só tivemos a opção de remarcar em um voo com escala no Cairo, único voo disponível para o dia. Fique ligado que frequentemente acontecem cancelamentos nos voos internos do Egito.

Os templos de Luxor no Egito

Os templos são as principais atrações da cidade. Existem dezenas, desde os mais famosos aos desconhecidos, mas abertos ao público para visitação. Além disso, ainda é possível fazer um passeio de balão por cima do Vale dos Reis ou um passeio de Felucca pelo rio Nilo. No mapa a seguir estão alguns dos pontos turísticos de Luxor. Em vermelho estão os lugares que conhecemos e em verde os lugares que não fomos, mas que você poderá ir.

Templo de Luxor

Esse templo que fica no meio da cidade de Luxor foi construído durante os reinados de Amenhotep III e Ramesses II, durante o novo reinado, entre 1500 e 1200 A.C. Sua construção teve influencia de outros faraós como Tutankhamon, Horemheb e até mesmo de Alexandre o Grande. Em seu projeto original, existiam 2 obeliscos em sua entrada.

Templo de Luxor

Templo de Luxor

Templo de Luxor

Hoje em dia um deles está na Praça de La Concorde, em Paris. No século 11, a mesquita Abu el-Haggag foi construída no topo do templo e é utilizada até hoje. Na sua entrada existe um calçadão de 3km composto por esfinges em ambos os lados, que conecta o Templo de Luxor ao Templo de Karnak.

Templo de Luxor Templo de Luxor Templo de Luxor Templo de Luxor

   O templo abre diariamente das 06h00 às 22h00 durante o verão e das 06h00 às 21h00 durante o inverno.

   Os ingresso custam 2 EGP para egípcios, 40 EGP para estrangeiros e estudantes pagam meia usando a carteirinha de estudante internacional da ISIC.

Templo de Karnak

É o maior templo do Egito, construído entre 2200 e 360 A.C. Foi dedicado aos deuses de Tebas, como se chamava a região na época. Os deuses eram: Amon, Mut sua esposa e Khonshu seu filho. O templo na verdade é um conjunto de pequenos templos que teve influencia de diversos faraós durante seus quase 2000 anos de construção.

Templo de Karnak

Templo de Karnak

Seu tamanho impressionante se destaca entre os outros templos. Sua sala hipostila é decorada com colunas em forma de papiros, com 25m de altura por 4m de diâmetro. São no total 134 colunas com desenhos entalhados. Havia até um lago sagrado onde eram feitos diversos rituais. Dentre os nomes encontrados nos desenhos em suas construções, estão Seti I, Ramsés II e Tutmés III.

    Aberto diariamente das 06:00 às 17h30.

    O ingresso custa EGP 2 para egípcios, EGP 50 para estrangeiros e estudantes pagam meia usando a carteirinha de estudante internacional da ISIC.

 

Leia também: O que fazer em Luxor, Egito

 

Vale dos Reis

O Vale dos Reis é o tesouro mais precioso e um dos locais mais importantes do Egito. Escolhido necrópole pelos faraós do império novo, a partir de Tutmósis I (1500 a.C.), pela localização escondida entre as montanhas calcárias de Tebas, atual Luxor. O Vale dos Reis foi o local escolhido para os túmulos dos grandes faraós e reis e servia tanto para ocultar seus túmulos, como para impedir o roubo dos valiosos tesouros que eram enterrados junto com eles.

Vale dos reis

Diversas tumbas podem ser visitadas, incluindo a tumba de Tut Ankh Amun. Veja o post completo sobre o Vale dos Reis.

    Entre 01 de maio até Ramadan funciona das 06h00 às 19h00 e do Ramadan até 30 de abril funciona das 06h00 às 17h00.

    O ingresso custa 70 EGP para entrar no complexo que dá direito a visitação de 3 tumbas. Também existem 3 tumbas que são pagas a parte, a de Tut Ankh Amun – 80 EGP, Ramesses VI – 50 EGP e Ay – 20 EGP. Estudantes pagam meia usando a carteirinha de estudante internacional da ISIC,

Templo de Hatshepsut

Fica no complexo de Deir el-Bahari, o templo destinado a rainha faraó mais poderosa de todos os tempos. Dividido em 3 níveis, é possível ver diversas estátuas, esculturas e afrescos. No segundo nível estão as capelas de Anubis (deus responsável pela vida depois da morte) e Hathor (deusa egípcia que personificava o amor, beleza e maternidade). No andar de cima ficam as capelas de Hatshepsut, de seu pai Tutmose I e um santuário para o deus Amun.

Templo de Hatshepsut

Templo de Hatshepsut Templo de Hatshepsut

Templo de Hatshepsut Templo de Hatshepsut

A região era considerada sagrada e foi escolhida por Mentuhotep II, o rei que reuniu o Egito após o caos, para construção de seu templo, que fica ao lado do templo de Hatshepsut.

   Entre 01 de maio até Ramadan funciona das 06h00 às 19h00 e do Ramadan até 30 de abril funciona das 06h00 às 17h00.

   Os ingressos custam 2 EGP para egípicios, 25 EGP para estrangeiros e 15 EGP para estudantes mostrando a carteirinha de estudante internacional da ISIC.

Minet Habu

Foi um dos primeiros lugares onde o deus Amun foi idolatrado. Hatshepsut e Tutmés III construíram um templo para Amun anos antes. Ao lado, Ramsés III construiu seu templo mortuário, o principal templo dentro do complexo de Habu.

Minet Habu Minet Habu Minet Habu

Minet Habu

É o templo mais bem preservado do novo reinado. Em suas paredes, imagens e textos ilustram as vitorias do rei, assim como também os rituais e festivais.

   Abre diariamente das 06h00 às 17h00.

   Os ingresso custam 5 EGP para egípcios, 25 EGP para estrangeiros e estudantes pagam meia com a carteirinha de estudante internacional da ISIC.

Colossi of memnon

São duas estátuas imensas de pedra de mais de 1000 toneladas, do faraó Amenhotep III sentado. Elas estão a mais de 3400 anos no local onde era a porta de seu templo. Pode parecer que não existe nada no local, mas existia um dos maiores templos do Egito, com 700m de comprimento. As duas estátuas estão viradas para o leste, para o rio nilo. Fica bem de frente pra estrada e sua entrada é grátis.

Colossi of Memnon

Outros lugares para visitar

Você ainda pode visitar o Museu de Luxor, que foi inaugurado em 1975 e onde é possível ver uma pequena coleção de artefatos egípcios como alguns objetos da tumba de Tuk Ankh Amon. No Museu da Mumificação você poderá ver como era feito todo o processo, com exposição de instrumentos que eram utilizados para a remoção dos órgãos. No West Bank ainda é possível visitar diversos outros templos menores menos famosos.


Gostou do post? Então deixa seu comentário aí embaixo!!


Contrate seu passeio em Luxor

 


Leia também

Inscreva-se
Notifique-me
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

0 Comentários
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários

Nós utilizamos Cookies para melhorar sua navegação pelo blog. Ok, tudo bem O que é Cookie?

0
Vamos conversar? Deixe seu comentário!x