Home Brasil Alter do Chão, Pará: Dicas e informações completas

Alter do Chão, Pará: Dicas e informações completas

por Andressa Silva
O que fazer em Alter do Chão no Pará

Alter do Chão, no Pará, já estava em nossos planos desde o momento que decidimos viajar pelo norte do Brasil. Isso porque ouvimos falar maravilhas deste lugar que guarda belas praias de rio, uma natureza sem igual e uma vila charmosa e bem movimentada. No entanto, depois de conhecer tudo viemos falar sobre o que fazer em Alter do Chão e deixar dicas para sua viagem ser super completa.

Além disso, queremos deixar algumas informações importantes sobre a região, dicas de hospedagem, como chegar e todos os passeios que você pode fazer por lá. Você poderá fazer as suas férias mais completas e desfrutar o que há de melhor na região. Vamos lá?!

Sabia que é importante fazer um Seguro Viagem Nacional?

Quando falamos de fazer uma viagem, mesmo que pelo Brasil, a segurança sempre deve vir em primeiro lugar. Por isso, indicamos que faça um seguro viagem nacional para não depender do SUS numa emergência. Ele é imprescindível para você viajar com tranquilidade e aproveitar as atrações, passeios, montanhas e praias do nosso país. O nosso parceiro Seguros Promo é um comparador de seguro viagem que garante os melhores preços. Faça uma cotação e conheça excelentes seguros para a sua viagem!

FAZER COTAÇÃO

Neste post você verá:

Alter do Chão – Quando ir

Alter do chão é bom para visitar o ano inteiro, pois há diferentes atrações e principalmente 

diferentes cenários. Isso acontece porque existe o período de seca e cheia do rio, que fazem as praias aparecerem ou simplesmente sumirem. 

Dessa forma, podemos dizer que uma boa época para ir a Alter do Chão é de julho a janeiro, quando a vazante do rio acontece, ou seja, ele está seco. Nesse período você vai encontrar a cidade mais cheia, diversas opções de passeios, areias brancas e águas tranquilas, mas vale comentar que fomos em janeiro e já era período de inverno com chuva e só pegamos um dia de sol.

No restante do ano, de fevereiro a junho, o rio sobe e as opções de passeios mudam, sem ter como ir para a Ilha do Amor, por exemplo, que é o cartão postal da cidade. Por outro lado, os igarapés estão cheios, e você terá a oportunidade de conhecer outro lado de Alter do Chão.

Em setembro acontece a Festa do Sairé, que é tradicional de Alter do Chão, e a cidade também lota. Tudo fica bem movimentado, sendo outra época boa para ir, se quiser conhecer o festival. 

Como chegar em Alter do Chão

Existem diversas formas de chegar em Alter do Chão e tudo vai depender de onde você estará. Se estiver saindo de outro estado da região norte, assim como de outras partes do Brasil, você deve primeiro ir a Santarém, para depois chegar em Alter. 

Avião: Se você quiser chegar em Alter do Chão de avião, deve pegar o voo até o Aeroporto Internacional de Santarém – Maestro Wilson Fonseca, que fica a 33km da cidade. 

Carro/Táxi: Partindo de Santarém pela PA-457 a viagem é de 37km. Nós pegamos um táxi que paramos na rua e conseguimos negociar por R$100. Nos aplicativos de Uber e 99, os valores ficam entre R$160 e R$190, mas claro, podem mudar de acordo com o dia e hora.

Ônibus: Na volta de Alter do Chão para Santarém, nós decidimos pegar o ônibus da empresa Eixo Forte e a viagem foi rápida e tranquila, pois era dia de semana. No entanto, sabemos que no final de semana o ônibus fica muito cheio e para bastante.

Ele passa no centro de Santarém, na Av. Rui Barbosa e segue até o Terminal de Ônibus de Alter do Chão. As viagens durante a semana são das 5h30 às 21h30 saindo de Alter e das 6h às 22h40 saindo de Santarém. Infelizmente não encontramos informações sobre os horários nos finais de semana.

Barco: Nós pegamos o barco de Manaus a Santarém, numa viagem dormindo em rede que durou uma dia e meio e custou R$150. Também dá para pegar de Belém para Santarém numa viagem um pouco mais longa.

Faça pesquisas e compre suas passagens na 12Go para viajar pelo Brasil e pelo mundo afora. Ela é uma empresa que te mostra as melhores opções e preços de transportes aéreo, terrestre e fluvial.

Bares e restaurantes em Alter do Chão

Sorvete da Boto Gelato em Alter do Chão
Sorvete da Boto Gelato

Opções de bares e restaurantes em Alter do Chão não vão faltar, mas queremos deixar algumas dicas para você. Um dos locais bem recomendados é a região da praça central que tem vários restaurantes como o No Caribe e o Ty Comedoria e Bar, que oferecem pratos bem elaborados e drinks ótimos para curtir a noite. 

Se você quer um lanche, na praça central também tem várias barracas que servem coisas mais simples e regionais. A Thifany Pastelaria Gourmet e o XBom O Hambúrguer são outros locais bem recomendados para fazer um lanche em Alter do Chão. 

Por fim, quem gosta de doce pode ir na sorveteria Boto Gelato que tem sabores sensacionais e bem diferentes, bem como o Alter nas Nuvens com seu açaí natural, sorvetes e outras delícias.

Pousada em Alter do Chão e onde ficar

Alter do Chão é uma cidade pequena, mas tem muitas opções de hospedagem que podem fazer você se perder um pouco na hora de escolher. Por isso deixamos a Casa Saimiri como dica, pois foi lá que ficamos e acreditamos que lá é realmente o melhor lugar para ficar em Alter do Chão.

Isso porque a pousada fica bem localizada, na região central, perto das praias e a uma curta caminhada dos melhores restaurantes da cidade. A estrutura da casa é ótima, já que o local conta com apenas 10 quartos e torna a sua estadia mais tranquila e intimista, ou seja, você vai se sentir num ambiente calmo e familiar o tempo todo.

O quarto da Casa Saimiri é bem confortável e completo. Nele você poderá descansar bem e repor as energias para fazer todos os passeios de Alter. Tem a decoração com elementos regionais e comodidades como cabideiro, luminária, frigobar, ar-condicionado e TV com canais de streaming, por exemplo. 

Além disso, cada quarto conta com uma varanda com rede que é deliciosa para relaxar ao final do dia. Tudo é feito para ter conforto e uma ótima estadia, que vai desde as áreas privativas até as comuns. Sem falar que os funcionários são super simpáticos e estão prontos para ajudar em qualquer questão. 

Quer ver outras opções? Então, acesse a lista completa de hotéis em Alter do Chão.

O que fazer em Alter do Chão

Agora que você já tem algumas informações para começar a planejar sua viagem para Alter do Chão, é hora de conhecer as principais atrações e passeios pela cidade. Dessa forma, você poderá montar seu roteiro e definir quantos dias vai passar pela região e o que vai fazer a cada dia das suas férias.

Centrinho de Alter do Chão

É no centrinho da cidade que tudo acontece! Falando mais especificamente, na praça central e na orla da cidade onde tem uma feirinha fixa com artesanato e comidas típicas do Pará, sorvete, coco verde. Há também restaurantes e bares, que colocam as mesas para fora, formando um clima bem legal para ouvir música e tomar uma cerveja gelada. 

Além disso, há um coreto central na pracinha onde acontecem apresentações de Carimbó e de outros ritmos tocados por artistas locais. O maior movimento acontece a partir das 19h e principalmente de quarta a domingo.

Ilha do Amor

Ilha do Amor em Alter do Chão
Ilha do Amor

A Ilha do Amor é o principal ponto turístico de Alter do Chão e também o cartão postal da cidade. É essa praia que você provavelmente verá em milhares de fotos de Alter, na verdade não é uma ilha, apesar do nome, e sim uma península de que fica entre o Rio Tapajós e o Lago Verde.

Para chegar lá, apenas atravessando num dos barquinhos que custam R$10 (por trecho) para até 4 pessoas e ficam disponíveis das 7h às 19h ou até as últimas pessoas saírem da Ilha do Amor. 

A estrutura da Ilha do Amor é bem bacana, pois há diversos bares e restaurantes que oferecem cadeiras e guarda sol, comidas e bebidas o dia todo. Isso quer dizer que você pode ir tranquilo e passar o dia tomando banho de sol e de rio, assim como aproveitando as delícias locais. 

Quando nós fomos para a Ilha do Amor, estava na época de seca do rio, e a praia fica toda evidente, ao contrário do período de cheia, que a ilha some e não é possível visitar. Então deu para aproveitar bem a praia, caminhar, tomar um drink e fazer ótimas fotos.

Lago Verde

O Lago Verde fica do outro lado da Ilha do Amor e é uma das partes mais agitadas de Alter do Chão. Mas isso só acontece porque as pessoas que vão para a Ilha do Amor, ficam com suas mesas e cadeiras viradas para o Lago Verde. Sem falar que é nesta parte que é possível fazer atividades como banana boat, caiaque e jet ski, por exemplo.

Praias em Alter do Chão

Praia da Ponta do Toronó
Praia da Ponta do Toronó

Existem diversas praias em Alter do Chão para você aproveitar os dias de sol e calor na região. Seguindo pela orla, ao lado esquerdo, você verá a Praia do Cajueiro que é pequena, mas bem bonita, tem uma certa estrutura e oferece um bom banho de rio. Nela, você pode contar com a Barraca da Mariana que dispõe de mesas, cadeiras e sombreiros, além de petiscos e bebidas geladas.

Seguindo pelo lado direito existe uma segunda praia que está de frente ao Lago Verde e também é movimentada, apresentando pouca estrutura para quem deseja passar o dia, mas é um dos melhores locais para tomar banho de rio. Dessa forma, deixamos a dica de levar o que desejar comer e beber, uma canga para se sentar e curtir o dia.

Há muitas outras praias de areias finas e claras que são banhadas pelo Rio Tapajós e pelo Rio Arapiuns, por exemplo. Entre elas a praia do Pindobal, Muretá e Ponta do Cururu.

Morro da Piraoca

O que fazer em Alter do Chão no Pará
Ilha do Amor e Morro da Piraoca

Esse morro de nome exótico fica na mesma região da Ilha do Amor, ou seja, para chegar é necessário pegar o mesmo barquinho que custa R$10 por trecho. No entanto, se você quiser ir direto para o morro, precisa falar com o barqueiro para te deixar o mais próximo possível da entrada da trilha. 

Você vai desembarcar na areia da praia e depois vai seguir uma pequena, porém íngreme trilha para chegar ao topo do Morro da Piraoca. Então você estará no ponto mais alto da região e terá uma vista deslumbrante, principalmente se for ver o pôr do sol. 

Vale lembrar que não há estrutura alguma nesta região, a não ser as barracas da ilha do amor. Por isso, fica o alerta para você levar água, protetor solar, um lanche e ir com roupas confortáveis, pois a caminhada, apesar de breve, é um pouco cansativa. 

Flona do Tapajós – Floresta Nacional do Tapajós

A Floresta Nacional do Tapajós é visita obrigatória para quem gosta de explorar a natureza e ter contato direto com a floresta. Sem falar que ao conhecer a Flona, o contato com a natureza vai além, pois há comunidades tradicionais, igarapés e igapós que deixam todos os visitantes encantados.

Para conhecer a Floresta Nacional do Tapajós e fazer o passeio da Flona, a melhor coisa é reservar com antecedência e programar um dia para isso. Isso porque o passeio começa de manhã pegando um barco para navegar pelo rio Tapajós, passando por alguns pontos como a Comunidade Jamaraquá, a Praia de Cajutuba e a Praia de Maguary, por exemplo.

Rio Arapiuns

Ponta Grande de Arapiuns
Ponta Grande de Arapiuns

O Rio Arapiuns está de frente ao Tapajós e faz parte do roteiro de quem vai a Alter do Chão para se divertir. Isso porque a região tem diversas praias de areias claras e águas tranquilas que fazem um belo cenário. Além de ter as praias, é possível conhecer a Comunidade Coroca onde fizemos uma parada para o almoço e pudemos conhecer o modo de vida local.

No passeio do Rio Arapiuns, fizemos diversas paradas para banhos em alguns locais maravilhosos como a Ponta do Toronó, a Ponta Grande e a Ponta do Cururu, por exemplo, que renderam ótimos momentos e um lindo pôr do sol. Você pode fazer o passeio de um dia, como nós fizemos, ou pode fazer o passeio de 5 dias, passando por diversas comunidades, lagos e praias incríveis. 

Canal do Jari

O Canal do Jari é conhecido por estar no meio dos dois rios, o Arapiuns e o Tapajós. Nele, você terá a oportunidade de conhecer praias lindas e ter contato com a natureza e a floresta amazônica com seus encantos. 

Durante o passeio, que é feito em embarcações, será possível conhecer o Canal do Jari, observar animais, várias espécies de árvores e se divertir nas águas do rio. Um dos pontos altos é ver as vitórias régias gigantes e se deliciar com diversos pratos que são feitos a partir desta planta.

Restaurante Casa do Saulo

Famoso pela boa hospitalidade, estrutura e delícias locais, o Restaurante Casa do Saulo é mais uma das atrações e deve entrar na sua lista do que fazer em Alter do Chão. O local é comandado pelo chef Saulo Jennings, que também está à frente de outros dois locais em Belém, o Onze Janelas e o Quinta de Pedras.

Em Alter do Chão, o restaurante está localizado na beira do rio, mas tem acesso pela estrada tanto para quem parte de Alter como de Santarém. Você vai ter uma bela estrutura que conta com piscina e espreguiçadeiras, por exemplo, mas não podemos deixar de falar dos pratos, que são bem servidos e feitos para compartilhar.

O que fazer em Alter à noite

Barracas da Praça Central em Alter do Chão
Barracas da Praça Central

Com toda programação e informações do que fazer em Alter do Chão durante o dia, vamos te falar o que fazer a noite, pois a região vai além dos bares e restaurantes do centrinho. Dessa forma, você pode programar alguns dias para comer e beber na região central, tomar um sorvete ou quem sabe curtir um evento local.

Tudo fecha muito cedo em Alter do Chão, como o comércio que fecha a partir das 20h e alguns bares e restaurantes às 22h. Porém, dá pra achar alguns barzinhos que ficam abertos até um pouco mais tarde para os que desejarem curtir mais a noite.

Piracaia em Alter do Chão

A Piracaia é uma espécie de luau que acontece em Alter do Chão e faz parte da cultura do Pará. Como é um lual, sempre acontece à noite e por isso o espaço é iluminado com muitas velas e decorado com tecidos super coloridos, têm elementos em palha e madeira. Neste evento, você poderá entrar de cabeça na cultura regional, assim como irá comer, beber, ouvir músicas, dançar e até se arriscar nos passos do carimbó. 

Noite de Carimbó em Alter do Chão

Outra coisa bem legal para participar e conhecer em Alter do Chão é conhecer as noites de Carimbó, um ritmo musical com direito a dança que tem origens indígenas, portuguesas e africanas. O Carimbó normalmente acontece na pracinha principal da cidade, nas quartas e quintas, mas também dá para ver no Restaurante Maniva em alguns finais de semana. 

Como as noites de Carimbó tem dias certos para acontecer, vale a pena ficar ligado em quais dias da semana você vai para Alter. Isso porque no começo da semana não há nenhum tipo de apresentação cultural ou musical pela cidade, pois fomos numa segunda e saímos de lá na quarta a tarde e infelizmente não tivemos a oportunidade de ver apresentações.

Seguro viagem nacional

Quando falamos em fazer uma viagem, a segurança deve vir sempre em primeiro lugar! Por isso, queremos deixar algumas dicas sobre seguro viagem nacional, pois ele é imprescindível para você sair de casa com tranquilidade e aproveitar cada atração e passeio da cidade.

Um seguro viagem nacional te dará cobertura para atendimentos em qualquer tipo de emergência, além de outros imprevistos que possam acontecer durante sua viagem como extravio de malas e atraso no voo. 

Caso seu plano de saúde não tenha abrangência na região norte, é mais do que recomendado que se faça um seguro viagem para garantir a tranquilidade em todos os momentos.

Com um seguro viagem você não vai se preocupar com isso, pois terá cobertura para qualquer emergência e ele não vai custar nem 5% do orçamento da sua viagem. Sem falar que você não vai querer ficar na fila do SUS durante as férias, né verdade?!  

Clique no botão abaixo, faça um orçamento sem compromisso e veja como é fácil viajar seguro!

Perguntas frequentes

O que fazer em Alter do Chão em 4 dias?

Em 4 dias você pode passar um dia na Ilha do Amor e conhecer o centrinho, um para o passeio pelo Rio Arapiuns, um para a Flona e outro para o Canal do Jari, por exemplo Veja mais informações.

Quantos dias são necessários para conhecer Alter do Chão?

Recomendamos ficar de 3 a 5 dias em Alter do Chão, assim poderá fazer passeios e conhecer a cidade tranquilamente. Veja mais informações.

Qual a melhor época para ir à Alter do Chão?

Uma boa época para ir a Alter do Chão é de julho a janeiro, quando a vazante do rio acontece, ou seja, ele está seco. Veja mais informações.

Quais são as melhores praias de Alter do Chão?

A Ilha do Amor é a mais famosa, mas no entorno há diversas outras praias pelo Lago Verde, Rio Tapajós e Arapiuns. Veja mais informações.

Passeios em Alter do Chão

Com todas as informações sobre o que fazer em Alter do Chão e diversas dicas que deixamos neste artigo, que tal se programar e montar seu roteiro?! Para te ajudar com essa programação, deixarei abaixo várias opções de passeios para você fazer em grupo ou de forma mais personalizada e individual.

Nossa hospedagem foi oferecida pela Casa Saimiri.

Leia também

Inscreva-se
Notifique-me
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

0 Comentários
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários

Nós utilizamos Cookies para melhorar sua navegação pelo blog. Ok, tudo bem O que é Cookie?

0
Vamos conversar? Deixe seu comentário!x